Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Últimos assuntos
» Investimento e acordos comerciais
Ontem à(s) 3:50 pm por Felipe

» A carta de Gimli para Barduk!!
Qui Nov 08, 2018 5:05 pm por Felipe

» O Brasão de Boven!!
Qua Nov 07, 2018 9:54 pm por Felipe

» Armadura do Lobo!! (Gondegal)
Qua Nov 07, 2018 9:43 pm por Felipe

» Os "Javaleiros" de Gauntlgryn!!
Qua Nov 07, 2018 9:21 pm por Felipe

» Brasão de Gauntlgryn!!
Qua Nov 07, 2018 9:04 pm por Felipe

» cadeia-de-Comando - Dragões Púrpura e Magos de Guerra!!
Qua Nov 07, 2018 7:30 pm por Felipe

» O que se sabe sobre Gondegal!!
Qua Nov 07, 2018 1:55 pm por Felipe

» Waterdeep - Oficial!!
Seg Nov 05, 2018 8:13 pm por Felipe

Novembro 2018
SegTerQuaQuiSexSabDom
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Calendário Calendário

Os membros mais marcados


Considerações atuais!!

Ir em baixo

Considerações atuais!!

Mensagem por Felipe em Qua Dez 13, 2017 7:45 pm

Algumas considerações para atualizar o grupo sobre a situação do jogo:

>> Sabendo da chegada de elfos na região de Boven, os Combativos, como são chamados os conselheiros de guerra do Reino, tornou-se receoso quanto a campanhas mágicas pela região, mais especificamente ao saber que entre os elfos havia um notório Bladesinger, uma casta de magos élficos extremamente rara e conhecida pela natureza desordeira, preferindo o caminho da vigilância e da espionagem a uma incursão direta.

Os Magos de Guerra preparavam uma violenta incursão contra o grupo, notórios protetores locais, apesar de aventureiros sem qualquer hierarquia com a Coroa, de modo que eram vistos como conquistadores e desordeiros, e deveriam ser erradicados.

Desta maneira, a presença de elfos poderosos no local, sem que se soubesse sua relação com os Andarilhos do Destino, fez com que o Conselho de Guerra recuasse de suas intenções e voltasse à fase de coleta de informações.

Entretanto, o escape do Mithal de Myth Drannor para a região vem tornado impossíveis as comunicações e espionagens mágicas, forçando a Coroa a enviar um destacamento de Dragões Púrpura para assumir o controle da região, o que se deu de forma pacífica e sem embates... até o momento.

Em termos específicos, a chegada de Finn e, posteriormente, outros elfos à região atrapalhou as intenções hostis dos Magos de Guerra, cujo desafeto pelos aventureiros começou na dezena em que Barduk foi Capelão, não conseguindo aplacar a ofensiva dos Magos pelo controle da região.

Os Magos se retraíram em espionagem e vigilância, o que não quer dizer que aceitaram a presença dos Andarilhos, muito menos que vão aceitar perder o controle de uma rota comercial importante.
avatar
Felipe
Admin

Mensagens : 4249
Data de inscrição : 12/10/2015
Idade : 40
Localização : São José dos Campos - SP

http://ospilaresdodestino.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Considerações atuais!!

Mensagem por Felipe em Qua Dez 13, 2017 7:59 pm

>> A Magistrada Gillian, fervorosa defensora dos "melhores interesses dos Regentes de Cormyr", declarou sua inimizade pelo grupo, sendo dissuadida de sua intenção de trancafiar Henri até que Barduk se apresentasse para prestar contas aos Regentes.

O Conselho de Guerra de Cormyr percebeu que Henri era membro de um grupo de Flechas-verdes, agentes diretamente comandados por Storm Silverhand, e não estavam preparados para tê-la em seu encalço, por esta razão (e APENAS esta razão) Henri foi liberado a voltar, não sem antes Gillian deixar claro seu descontentamento.

Em outro momento, a Magistrada vem fomentando entre seus comandados diretos que fiquem de olho em Barduk, sinalizando cada passo dado pelo general, dentro e fora da região.
Mas a recente intervenção extra-planar na zona de conflito atrapalhou os canais de vigilância, e um mago de guerra altamente graduado interferiu sobre as (más) intenções da magistrada, dispersando seus vigilantes e assumindo o comando arcano pela região.

Mas para os Andarilhos, ele se apresentou como um "velho historiador", investigando alguma descoberta arqueológica recente nas montanhas, que estaria movimentando ogros e gigantes para além de seu território.

David Skatterhawks marcou entre os Andarilhos aqueles que julga confiáveis e aqueles que julga mais problemáticos, a serem "dissuadidos" de uma visita tão já à Corte.
avatar
Felipe
Admin

Mensagens : 4249
Data de inscrição : 12/10/2015
Idade : 40
Localização : São José dos Campos - SP

http://ospilaresdodestino.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Considerações atuais!!

Mensagem por Felipe em Qua Dez 13, 2017 10:01 pm

>> Num acordo comercial improvável, Sibyl foi atrás de seus contatos para estabelecer uma rota mercante entre Underdark e a região dé Boven. O que não agradou a Kábrik, forçando a meio-drow a recorrer a subornos e chantagens para firmar os acordos certos, trazendo mercadores para a aregião, entre eles um gnomo Svirfneblin, inimigo pessoal do anão-das-profundezas, que escorraçou com a garota e seus acordos da região.

Já em Alastor, Iggy foi mais receptivo, levando o acordo ao seu senhor, uma ajuda bem-vinda para enriquecer e proteger suas minas, ainda desconhecidas para o Reino.

Desta forma, Sibyl tem ido e vindo dos Reinos Abaixo, formando uma companhia mercante-mercenária promissora, trazendo iguarias e minerais para fortalecer o comércio da região.

Paralelamente, agora que nem a proteção de Dáin garante a Sibyl passagem segura pelos túneis Abaixo, a garota mudou suas operações para o Forte, conseguindo para o grupo um acordo altamente vantajoso, mas que colocava em xeque o controle da região.

O lorde Alastor oferece as seguintes possibilidades:

1) Cumprindo sua promessa, o Lorde-Mercador oferecerá um enorme baú-cofre contendo 12 mil lingotes de ouro cormyriano  (cada lingotes destes vale 10 po - ou seja, 120 mil po para o grupo), dinheiro este a ser empregado como preferirem.
Vantagem:
- Dinheiro na mão;
- Parte nos impostos dos mercadores desta rota, a ser fixado pelos jogadores (algo entre 10 mil a 50 mil po por ano)
Risco: Continuam a responder à Coroa e devendo tributos, e nada muda para a região.



Ou...

2) Ao invés de ouro, o lorde intercede junto à nobreza em favor do grupo, que passará a ser oficialmente responsável pela região, ainda devendo tributos, só que bem menores, além de garantir autonomia e segurança para os povos locais.
Vantagens:
- Kevan não terá mais que se preocupar com a remessa de impostos à Corte;
- Uma estrada será construída pelas montanhas, passando por Gauntlgryn (interessante para os locais) e o Forte,  permitindo escoamento de mercadorias e muito lucro nos negócios futuros, cruzando as terras de Boven e terminando na região de LakeHeaven, que será oficializada como uma nova cidade de Cormyr, fundada pelos Andarilhos do Destino;
- Rondas frequentes, aumentando enormemente a segurança para as caravanas locais;

Risco:
- Estradas melhores para os guardas e caravanas, o mesmo se aplicará a bandidos e assaltantes, tornando toda a região visada;
- Toda estrada é construída ao custo de muito desmatamento, temporariamente desabando preços com produtos de madeira, afetando também as áreas silvestres ao longo da estrada;
- Com a facilidade de trânsito, mais colonos virão se assentar em Boven e no Lago, causando um crescimento descontrolado em ambas e pondo em risco a segurança conquistada.

avatar
Felipe
Admin

Mensagens : 4249
Data de inscrição : 12/10/2015
Idade : 40
Localização : São José dos Campos - SP

http://ospilaresdodestino.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Considerações atuais!!

Mensagem por Felipe em Dom Out 14, 2018 8:53 pm

.
avatar
Felipe
Admin

Mensagens : 4249
Data de inscrição : 12/10/2015
Idade : 40
Localização : São José dos Campos - SP

http://ospilaresdodestino.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Considerações atuais!!

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum