Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Últimos assuntos
» Vilas por População!!
Hoje à(s) 1:55 pm por Felipe

» Segredos Zhentarim!!
Hoje à(s) 10:36 am por Felipe

» Casa Olori - Tecendo Teias!!
Ontem à(s) 4:47 pm por Felipe

» Lágrimas de um Caçador - Penitência Divina!!
Ontem à(s) 4:46 pm por Felipe

» Formas Selvagens por Nível de Druida!!
Ontem à(s) 3:18 pm por Felipe

» Furiosos: Elencarnë!!
Ontem à(s) 10:26 am por Felipe

» Cadeia-de-Comando Zhentarim!!
Qui Set 20, 2018 10:46 am por Felipe

» cadeia-de-Comando - Dragões Púrpura e Magos de Guerra!!
Qui Set 20, 2018 10:45 am por Felipe

» Rascunho - LaheHeaven
Ter Set 18, 2018 8:09 pm por Felipe

Setembro 2018
SegTerQuaQuiSexSabDom
     12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Calendário Calendário

Os membros mais marcados


Movendo as engrenagens!!

Ir em baixo

Movendo as engrenagens!!

Mensagem por Felipe em Seg Dez 25, 2017 3:11 pm

Num dos raros momentos de tranquilidade do general, um sonho incomum perturbava-lhe o juízo. Eram clicks e claques e péins, uma cacofonia de sons metálicos, mas pareciam várias pequenas forjas, e não um único forno.

Quando a vista se habitua, Barduk entende enfim a razão dos sons serem tão baixos. Não eram as forjas que eram fracas, mas as peças trabalhadas que eram bem pequenas.
Mãos habilidosas de um gnomo usando óculos, uma das lentes grossa como uma lupa, e punças nas mãos montavam um tipo de engenhoca.

Quando você se aproxima, diz instintivamente:
- Meu nome é Barduk...

Ele te interrompe:
- Não! Você não pode ser Barduk. Você está incompleto.

Incomodado, bate no peito e diz num tom mais grave:
- Eu sou BARDUK...

O gnomo, que ao ficar em pé sobre o banco dá mostras de pequenas pedras emaranhadas na barba, diz:
- NÃO, VOCÊ NÃO É. VOCÊ ESTÁ INOMPLETO. A MENOS QUE ME MOSTRE AS SUAS PEÇAS, VAI CONTINUAR INCOMPLETO.

Barduk se esforça, tenta lembrar... não havia um sobrenome.
Quem era você?
Qual seu sobrenome?



Quando acorda, vê-se em seu gabinete, em Gauntlgryn, de novo o Capelão, e v´rios livros espalhados por toda parte... estavam todos em branco.
Sobre a mesa, uma pena de corvo e um frasco de tinta eram a prova de uma tentativa de escrever.

Barduk tentava puxar pela lembrança o que era tão importante, e então vê escrito no começo de um livro de capa vermelha à sua frente:

"Sou Barduk__"

O rabo do "k" denunciava que deve ter dormido no meio de uma frase.
Tenta recompor seu pensamento, lembrar o que tentava tanto escrever.
Começa a revirar os livros caídos, e vê alguns trechos rabiscados em cadernos de notas, tentativas de lembrar...

Então percebe que seus pensamentos se tornavam tão confusos quanto mais se esforçava para lembrar.
Quem era este personagem?
Quem era você?
Quem era Barduk?
avatar
Felipe
Admin

Mensagens : 3992
Data de inscrição : 12/10/2015
Idade : 40
Localização : São José dos Campos - SP

http://ospilaresdodestino.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Movendo as engrenagens!!

Mensagem por Felipe em Dom Jan 14, 2018 6:09 pm

Relembrando que Barduk tem uma visão a cumprir.
avatar
Felipe
Admin

Mensagens : 3992
Data de inscrição : 12/10/2015
Idade : 40
Localização : São José dos Campos - SP

http://ospilaresdodestino.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Movendo as engrenagens!!

Mensagem por Barduk Amarkill em Dom Jan 14, 2018 6:21 pm

-quem sou eu?
-quem é Barduk?
-eu sou Barduk Amarkill, Thurmaz em Gauntlgrym, capelão no templo da forja.
-quem eu sou? o que estou esquecendo? Heror está aqui, sei de onde vim, sei a que lugar pertenço. O que está faltando?

*observa o martelo, faltava algo. Tinha algo ali. Sua redenção havia vindo de todas as formas. Primeiro o templo, depois Torin, o escudo Flor de Jóia e o grande Heror Amarkiiri. O vampiro foi destruído, os xamãs mortos ou expulsos. Se olha no espelho e se pergunta*
-quem é você? quem é você, quem é vocêêêêêêêê???

avatar
Barduk Amarkill

Mensagens : 573
Data de inscrição : 12/10/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Movendo as engrenagens!!

Mensagem por Felipe em Dom Jan 14, 2018 6:31 pm

A palavra ecoava de algum canto profundo na mente:

"Incompleto... incompleto... incompleto... incompleto..."

A voz do gnomo era quase uma sentença.

Levaria tempo, talvez ANOS, para entender ou desvendar o enigma por trás da pergunta.
avatar
Felipe
Admin

Mensagens : 3992
Data de inscrição : 12/10/2015
Idade : 40
Localização : São José dos Campos - SP

http://ospilaresdodestino.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Movendo as engrenagens!!

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum