Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Últimos assuntos
» Forte Alastor: Embaixada na divisa entre Gauntlgrym e Cormyr
Hoje à(s) 12:58 pm por Felipe

» Vilas por População!!
Sab Set 22, 2018 1:55 pm por Felipe

» Segredos Zhentarim!!
Sab Set 22, 2018 10:36 am por Felipe

» Casa Olori - Tecendo Teias!!
Sex Set 21, 2018 4:47 pm por Felipe

» Lágrimas de um Caçador - Penitência Divina!!
Sex Set 21, 2018 4:46 pm por Felipe

» Formas Selvagens por Nível de Druida!!
Sex Set 21, 2018 3:18 pm por Felipe

» Furiosos: Elencarnë!!
Sex Set 21, 2018 10:26 am por Felipe

» Cadeia-de-Comando Zhentarim!!
Qui Set 20, 2018 10:46 am por Felipe

» cadeia-de-Comando - Dragões Púrpura e Magos de Guerra!!
Qui Set 20, 2018 10:45 am por Felipe

Setembro 2018
SegTerQuaQuiSexSabDom
     12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Calendário Calendário

Os membros mais marcados


Limbo - O Final da Estrada!!

Ir em baixo

Limbo - O Final da Estrada!!

Mensagem por Felipe em Dom Maio 20, 2018 2:08 pm

Plano Exterior

Nativos
slaad, githzerai

Características:

Gravidade Objetiva Direcional: normal quando em contato com outros objetos, de outra maneira, não há gravidade.
Tempo: normal
Tamanho e forma: Cinco camadas infinitas.
Características Mórficas: Mutável
Traços Elementais: Ar-Água-Fogo-Terra dominantes em bolsões de criação.
Traços Mágicos: ormais, mas semi-permanentes.

O Limbo é um plano exterior no modelo da Grande Roda Cosmológica que engloba todo elemento caótico e neutro da existência. O plano do Repouso dos Guerreiros no modelo de árvore era similar ao Limbo de várias maneiras, mas não pela forma.
Os batráquios formaram um reino no Limbo conhecido como o Trono Supremo, que se tornou seu próprio plano de existência no modelo em árvore. O Limbo se perdeu depois da Spellplague e pode ter caído no Caos Elemental.

Descrição

Este é o reino do Caos Supremo, um lugar de ventos devastadores e forças irrefreáveis que consomem tudo em seu caminho, preenchido com restos de outros mundos absorvidos no início da Criação, árvores, elementais, paisagens inteiras, ventos poderosos, e corpos líquidos, sólidos e gasosos.
Seres sencientes conseguem lidar com este caos, transformando-o num lugar estável e habitável, ao menos por um período de tempo, desde que mantenham-se concentrados na proeza. O tamanho e forma do lugar seguro dependem do poder do intelecto do ser controlador.
Semideuses e outros seres menos poderosos encontram certa facilidade, e seus santuários permanecem emsmo que eles mesmos deixem o Limbo por algum tempo. A Gravidade só opera entre objetos sólidos que se toquem e tenham as mesmas características fpisicas de outros planos Primários. Objetos arremessados serão lançados indeterminadamente, até que atinjam outro objeto sólido. Objetos que não atinjam nada ficarão vagando pelo espaço eternamente, ou até se aproximar de algum objeto sólido cuja gravidade os apanhe.

Como descrito na cosmologia da Grande Roda, o Limbo possui 5 níveis que são indiferenciáveis um do outro. Os 4 primeiros receberam seus nomes pelos líderes e divindades que ali se estabeleceram. O quinto nível é chamado de "Lar dos Deuses Esquecidos".

Gith e Slaadi
Os Slaad são nativos do Limbo, e os githzerai são imigrantes (ou refugiados, se você perguntar a um githyanki) e o primeiro nível foi nomeado por eles. Esta camada é estrategicamente importante por sua ligação com Gladsheim, Oposições Concordantes, Pandemonium, e o Plano Astral.

Susanowo
Nomeado por uma divindade Japonesa, da Terra, governou uma imensa bolha de água do mar com vida marinha e assolada por tempestades por ele lançadas.

Agni
Nomeada por uma divindade Indiana, da Terra, que ali residiu numa esfera de puro fogo que vagava por toda parte conforme sua vontade.

Indra
Também da India, sua esfera era metade preenchida com leite e seu palácio ficava numa imensa ilha-tartaruga (ou uma ilha no formato de tartaruga).

Deuses Perdidos
É desconhecido se alguma raça ou entidade existe nesta camada.


Pós-vida

Quando uma alma chega no plano do Limbo, ela não consegue se manifestar senão pela pura forma de energia oriunda deste plano de existência. Eventualmente, um conjunto de espíritos torna-se forte o bastante para formar um enorme elemental-do-caos, que não seja confundida com uma das criaturas elementais dos planos Primários.

Reinos
Os reinos dos Poderes que residem no Limbo flutuam entre as várias camadas à vontade e, assim, estão aqui listadas.

Os lordes slaadi Ssendam e Ygorl mantém reinos normalmente situados na primeira camada, mas cercados por áreas que não estão sob seu controle. A cidadela de Ssendam é um castelo dourado, enquanto o reino de Ygorl é uma cadeia de esferas que giram umas ao redor das outras.

Os githzerai formaram aldeias, vilas e até uma enorme cidade imersa no caos, conhecida como a Cidade Flutuante ou Cidadela Gith governada por Zaerith Menyar-Ag-Gith (o Grande Githzerai).

Limbo é o domínio Astral para onde os batráquios se recolheram em -31.500 DR. Ali, eles fundaram um reino chamado de Trono Supremo, que também é parte do modelo cosmológico da Árvore do Mundo, e que sobreviveu à Spellplague.
Fennimar era o reino de Fenmarel Mestarine antes de se mudar para Arvandor.
Tempus Foehammer, Lorde das Batalhas, já viveu no Limbo. Repouso dos Cavaleiros era o nome de seu reino que depois tornou-se seu próprio plano, chamado de Repouso dos Guerreiros no modelo cosmológico em árvore.
Leira, a Senhora das Névoas, já teve seu lar num reino chamado de Corte das Ilusões.
Tapann, o deus patrono dos korreds já viveu aqui.
Mystryl, a Mãe de Toda Magia, viveu neste plano em seu domínio conhecido como Dweomertor até sua morte em -339 DR.
avatar
Felipe
Admin

Mensagens : 4008
Data de inscrição : 12/10/2015
Idade : 40
Localização : São José dos Campos - SP

http://ospilaresdodestino.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum